Não critique


 

Reconhece que tem a tendência de ser crítico demais dos outros? O que lhe poderá ajudar a vencer tal inclinação?

Perdão6
Em primeiro lugar, lembre-se de que também tem muitas faltas. “És inescusável, ó homem, quem quer que sejas, se julgares”, declarou o apóstolo Paulo, “pois, nas coisas em que julgas outro, condenas a ti mesmo, visto que tu, que julgas, praticas as mesmas coisas”. – Romanos 2:1.
Do lado positivo, o próprio Deus fornece o exemplo perfeito de lidar com os defeitos dos outros.
“Jeová é misericordioso e clemente”, escreveu o salmista, “vagaroso em irar-se e abundante em benevolência. Não ralhará para sempre, nem ficará ressentido por tempo indefinido. Ele nem mesmo fez a nós segundo os nossos pecados; nem trouxe sobre nós o que merecemos segundo os nossos erros”. – Salmos 103:8-10; Lucas 17:3, 4.
As Escrituras incentivam os cristãos a imitarem a atitude misericordiosa de Jeová Deus. “Continuai a suportar-vos uns aos outros e a perdoar-vos uns aos outros liberalmente, se alguém tiver razão para queixa contra outro.” – Colossenses 3:13.
Note que se deve conceder perdão mesmo quando há uma legítima “razão para queixa”. Mostrando a importância de se perdoarem os defeitos dos outros, Jesus declarou: “Se perdoardes aos homens as suas falhas, também o vosso Pai celestial vos perdoará; ao passo que, se não perdoardes aos homens as suas falhas, tampouco o vosso Pai vos perdoará as vossas falhas”.- Mateus 6:14, 15.
Visto que toda a família humana herda o pecado, todos têm muitos defeitos. Mas pensar e falar sobre os defeitos dos outros só produz relações prejudicadas tanto com Jeová Deus como com o nosso próximo.
Em vez de imitar a Deus, aquele que habitualmente critica os outros reflete o espírito daquele a quem a Palavra de Deus chama de “acusador”, Satanás, o Diabo. – Apocalipse 12:10.
Portanto, da próxima vez que a sua conversa passar a girar em torno de outras pessoas, esteja decidido a não divulgar um defeito.

Perdão7
“Tem-se aproximado o fim de todas as coisas. Sede ajuizados, portanto, e sede vigilantes, visando as orações. Acima de tudo, tende intenso amor uns pelos outros, porque o amor cobre uma multidão de pecados”. – 1 Pedro 4:7, 8.

 

Anúncios

~ por Edg@rd! em 01/10/2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: